Barra Livros e Cursos Editora Ltda
www.barralivros.com
logo2.png







Poupe Mais e Invista Melhor

Excertos de comentários espontâneos de leitores, encaminhados por email:

(Se você leu este livro, envie-nos email informando o que achou, para inserirmos aqui)

 

 

24/08/2011 - Luiz Rocha Neto, D.Sc. (Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro)

"Trata-se de uma aula de bom senso de como dirigir o binômio poupança-segurança. Devo confessar que estou aprendendo e reexaminando algumas posturas que estava tendo. O livro é extremamente útil para especialistas ou leigos."

 

18/08/2011 - Marilucy Oliveira

"Adorei e recomendo !!!!!"


14/07/2011 - Sídney Rosa Nascimento Júnior

"Terminei de ler o livro. Gostei.
A linguagem é simples, objetiva e bem atual.
Gostei muito da abordagem do consumismo de hoje.
Realmente, é um tema importante e espinhoso.
O livro desmitifica outros desafios, como o dos falsos investimentos.
Destaquei a afirmação a respeito do consumo mascarado como investimento."
...

"Recomendo a leitura a todos que lidam com muito ou pouco dinheiro."

...

Parabéns.

capa.pngcomprar.png

O livro está à venda nas principais livrarias do País.



Veja links abaixo para algumas lojas com vendas online:




Caso prefira, clique  aqui e preencha o formulário com seu pedido. 


Além disso, os pedidos também podem ser feitos pelo e-mail vendas@barralivros.com.



OBS: temos livros em estoque para compras diretas da Editora, por e-mail, pelo formulário e pela loja www.lojabarralivros.com


Sinopse


Trata-se de uma obra de educação financeira, que objetiva mostrar de forma simples tudo que o leitor precisa saber para gerir bem suas finanças pessoais, com foco em dois de seus pilares básicos: como poupar mais e  como investir melhor.


Inicia com uma abordagem sobre a importância da formação de reserva para fazer face às necessidades futuras, tanto previsíveis como imprevisíveis, onde é dada ênfase ao bom senso em lidar com o dinheiro, evitando-se o endividamento desnecessário e, consequentemente, a inadimplência. 


Mostra ainda que essa reserva, constituída de forma consistente, pode ser bem menor do que a necessária, pois se bem aplicada no mercado financeiro renderá significativamente com o efeito dos juros no longo prazo. 


No que toca aos investimentos, são apresentadas noções sobre: o valor do dinheiro no tempo; avaliação de risco; a moderna teoria de investimentos; os mercados e produtos mais relevantes; retornos observados nos últimos anos das principais aplicações financeiras e noções sobre a gestão de carteiras e de como fazer análises prospectivas.


Tudo é apresentado com exemplos práticos positivos e negativos de situações comuns no dia a dia das pessoas, de forma muito simples, que mesmo quem tem horror à matemática e fórmulas consegue entender.

 

O autor Sérgio Mamede tem larga experiência no mercado financeiro, tendo sido diretor financeiro, conselheiro de administração e fiscal de diversas empresas nacionais.  



Introdução


Sua renda mensal é menor do que os seus gastos? Já teve a sensação de que guarda dinheiro e sua poupança está sempre do mesmo tamanho?  Você conhece poucas alternativas para aplicar suas reservas? Acha que a caderneta de poupança é uma boa aplicação e que não incorre em risco? Desconhece os princípios básicos da moderna teoria de investimentos? Se sua resposta for sim a qualquer dessas questões, então foi para você que este livro foi escrito.


Destina-se também a treinamentos em sala de aula, a estudantes autodidatas que estejam se preparando profissionalmente ou para aqueles que vão prestar exames que exijam o conteúdo teórico aqui abordado.


Será também de grande utilidade na educação financeira de seus filhos, mesmo menores de idade, para já irem se acostumando a pensar estrategicamente com o dinheiro. 


É preocupante o desconhecimento de grande parte da população de quanto  perde com investimentos inadequados. Nem mesmo a alegação de se considerar conservador justifica, em muitos casos, a escolha de aplicações de menor retorno.


Uma abordagem comum entre as pessoas é desprezar diferenças pequenas de taxas de retorno, sob a argumentação de que envolvem valor desprezível, numa avaliação de curto prazo, sem fazer qualquer simulação do que aconteceria num período maior.


Até a opção pelo consumo em detrimento da poupança é muitas vezes feita por se desconhecer o valor do dinheiro no longo prazo, ou seja, o poder do prazo na multiplicação dos valores investidos, desde que se consiga taxas reais positivas de retorno nas aplicações. 

A título de exemplo, caso uma pessoa poupe mensalmente R$ 800,00 e aplique essas economias a uma taxa real de juros constante de 0,5 % ao mês, conseguirá juntar um valor de R$ 808 mil, ao final de 30 anos, em poder aquisitivo de hoje.


Isso mesmo. R$ 808 mil ! Vale a pena o sacrifício? 


Mas, se conseguir aplicar a uma taxa aparentemente um pouquinho maior, digamos 1,0 % ao mês, também em termos reais, terá à mesma época R$ 2,8 milhões, ganhando, portanto, R$ 2 milhões a mais do que no exemplo anterior, apenas com essa diferença na taxa de juros. 


Parece fácil? Por que é que são raras as pessoas que conseguem acumular tal quantia ao longo de 30 anos de poupança?  Alguns leitores podem estar perguntando.


Na realidade, não é tão fácil conseguir no longo prazo as taxas reais de retorno dos exemplos mencionados e, além disso, o sacrifício de poupar, mesmo quantias não tão expressivas, sofre grandes tentações ao longo do tempo.


A questão da dificuldade em poupar será abordada de forma ampla no segundo capítulo, com dicas, exemplos práticos e argumentos que visam à conscientização para a importância de não se gastar toda a renda mensal,  de forma a manter uma reserva para despesas que vão existir no futuro, inclusive aquelas que ocorrerão quando da aposentadoria.


O tema valor do dinheiro no tempo será abordado no terceiro capítulo, que mostra a matemática financeira envolvida, com uma roupagem simples, traduzida em apenas uma fórmula, da qual se derivam outras. E se o leitor fizer uso de uma calculadora financeira, nem fórmulas serão necessárias. 


Mas, preste atenção nas armadilhas, principalmente na inflação, que pode acabar com suas reservas. O quarto capítulo abordará esse tema, como também os conceitos de juros reais, indexadores e spread.  


Há ainda uma visão de risco equivocada até por parte de analistas profissionais. É comum ouvir que a taxa de retorno é proporcional ao risco, induzindo o investidor a crer que quanto menor essa taxa menor a probabilidade de perder dinheiro.  Isso nem sempre é verdade, pois o mercado não é tão eficiente assim, o que faz essa regra ter muitas exceções, especialmente, em abordagens de curto prazo e com aplicações pouco diversificadas. 


A recomendação correta para reduzir riscos é diversificar os investimentos, o que certamente reduzirá sua taxa de retorno quando comparada às melhores opções. No entanto, a alternativa de aplicar a totalidade de seus recursos em um investimento de baixo risco e baixo retorno, pode ser mais arriscada do que aplicar em investimentos diversificados, mesmo com uma taxa de retorno maior.  


Algumas noções de risco e da moderna teoria de investimentos serão apresentadas, respectivamente, no quinto e sexto capítulos.


O sétimo capítulo apresentará de forma sintética o mercado onde os investimentos ocorrem e os principais produtos disponíveis para aplicar o seu dinheiro, destacando suas características, importância relativa,  formas de remuneração, custos e riscos envolvidos.


O oitavo capítulo mostra como o retorno no curto prazo dos investimentos é afetado negativamente, com expectativas de elevação nas taxas de juros futuras e positivamente, com expectativas de redução nessas taxas, constituindo em um dos principais fatores que impacta retornos a curto prazo.


O nono capítulo apresenta o desempenho dos principais tipos de investimento nos últimos anos, com seus principais componentes retorno e risco e confirmando as expectativas teóricas de que as categorias de investimento de maior risco envolvem maior retorno, numa perspectiva de longo prazo, razão pela qual devem ser feitos com recursos que não serão necessários a curto prazo.


O décimo capítulo apresenta algumas informações sobre análises prospectivas dos investimentos e dicas para se fazer uma gestão ativa das aplicações, de forma a se obter melhores retornos. 


Os anexos contêm tabelas e partes teóricas não tão relevantes para a decisão de onde investir.


Os nomes das pessoas envolvidas nos casos relatados foram alterados, para proteção de suas identidades. Ademais, a maioria desses casos, em destaque pela cor de fundo diferenciada,  refere-se a situações que ocorreram com muitas outras pessoas, nas épocas mencionadas e não apenas com as citadas. 


Para facilitar o entendimento por parte de iniciantes, os termos técnicos são explicados no próprio contexto em que aparecem pela primeira vez, com detalhamento entre vírgulas, sempre que necessário.


Enfim, este livro pretende ser um alicerce para aqueles que desejam dar continuidade aos estudos sobre Investimentos,  trazendo o conhecimento mais relevante,  de forma simples e pragmática, possibilitando também que pessoas com pouca disponibilidade de tempo consigam  sentir-se capacitadas para tomar melhores decisões, que poderão mudar radicalmente seus futuros.


Para ver o sumário e introdução, em arquivo PDF, clique aqui.


Excertos do livro:

Títulos Públicos Federais 
Juros versus preços dos ativos

Caso queira mais informações sobre o autor, clique aqui


Fundo_cinza.png

Menu

Livro: Um investimento com retorno contínuo, ao longo de toda a vida.