Barra Livros e Cursos Editora Ltda
www.barralivros.com
logo2.png








À venda nas principais livrarias do País.




Sugerimos um dos links a seguir para comprar on line:










OBS: Caso esteja tendo alguma dificuldade em comprar seu livro na livraria de sua preferência ou pelos links acima listados, você pode encaminhar seu pedido pelo e-mail: vendas@barralivros.com ou então clicar aqui e preencher formulário com seu pedido. 



Outros livros do autor, publicados pela Barra Livros: 


Modelando moda praia: técnica das três linhas





Modelando moda praia infantil


Objetivo do livro

Este este livro tem por objetivo mostrar técnica de modelagem denominada Técnica das Três Linhas aplicada à moda praia infantil. É recomendado para aumentar a empregabilidade das pessoas, pois ajuda a aprimorar uma profissão muito respeitada não só no Brasil como no exterior.


Descrição rápida:

Título: Modelando moda praia infantil

Autor: Araújo, Carlos Roberto Oliveira de

Editora: Barra Livros

Assunto: Roupas, confecção, moldes infantis, corte e costura

Tamanho: 15,5 x 24,0 cm - 180 páginas

Edição – 1ª 2018

ISBN 978-85-64530-65-2


Contracapa 


Não é surpresa para ninguém que o Brasil, país ensolarado e com uma imensa faixa litorânea, é referência mundial quando o assunto é moda praia. Seja pelo design, seja pelo material usado na confecção das peças, a moda praia brasileira é reconhecida como sinônimo de qualidade e inovação.

 

Sabendo que as crianças representam um importante nicho do mercado consumidor - e que estão cada vez mais conectadas a tudo o que é tendência por meio dos aplicativos de celular, blogs e redes sociais - a beachware infantil precisa valorizar não só a questão estética como também conforto, vestibilidade e ergonomia.


O objetivo desta obra é mostrar que a Técnica das Três Linhas, além de proporcionar um melhor controle da produção (diminuindo custos e agilizando processos), também possibilita vestir o corpo infantil respeitando suas proporções.


Autor


CARLOS ROBERTO OLIVEIRA DE ARAÚJO é graduado em Tecnologia em Produção do Vestuário pela Faculdade SENAI/CETIQT, Pós-graduado em Figurino e Carnaval pela Universidade Veiga de Almeida, MBA em História da Arte e  MBA em Comunicação e Semiótica pela Universidade Estácio de Sá. Possui mais de 20 anos de experiência profissional no mercado de moda, como modelista especializado nos segmentos masculino, feminino, infantil, moda praia, fitness e drapping e também como produtor de moda. Escritor, autor do livro Modelando moda praia: técnica das três linhas, editora Barra Livros, 2016.


Foi modelista nas empresas de moda praia Ki-Korpo e Carolgava; docente no Senac Rio, Instituto Milano de Moda, em Niterói-RJ e Facilitador no Istituto Europeo  di Design – IED/RJ.


Participou da Residência Tecnologia na Moda no  Laboratório de Atividades do Amanhã, no Museu do Amanhã - Rio de Janeiro, aprimorando o conceito de moda, tecnologia e arte.


Seu constante aprimoramento na área o capacitou a apresentar propostas de novas tecnologias em modelagens nos Encontros Latino-Americanos de Design na Universidade de Palermo, em Buenos Aires.


Atualmente mantém seu próprio curso de modelagem no bairro de Copacabana/RJ, denominado CROA Modelagem.


Carlos também se dedica ao desenvolvimento de modelagem de figurinos de carnaval para várias Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Grupos de Acesso e Especial), assim como de figurinos para teatro.



Primeira orelha do livro


Quero parabenizar o Prof. Carlos Araújo (Croa Modelagem) pelo seu trabalho incansável na busca pelo aprimoramento de técnicas de confecção e sua capacidade em explicar de forma didática, o processo de modelagem, que tanto me orgulha. 


Foi apreciando e admirando as mulheres na praia de Ipanema, onde na época eu jogava frescobol o dia inteiro, que surgiu o interesse em aprimorar o conforto e beleza daquelas “belezas”. Vendo e participando disso, foram criadas alternativas na modelagem da mulher. Isso foi nos anos 80, quando nasceu o biquíni Asa Delta e outros modelos sensuais. A partir disso, foi um pulo para a modelagem infantil, pois, como sabem, as crianças imitam os adultos. Afinal, nada mais justo que se parecer com a mamãe. 


Fica aqui meu entusiasmo pela beleza das ninas e suas mamães. 


Boa praia, e bebam água!


Cidinho Pereira – Bumbum Ipanema



Sumário

APRESENTAÇÃO

INTRODUÇÃO

1. INDUMENTÁRIA INFANTIL: CONTEXTO HISTÓRICO

2. A DIFERENÇA ANTROPOMÉTRICA

3. CUIDADOS NO VESTUÁRIO INFANTIL

4. TECIDOS RECOMENDADOS PARA MODA PRAIA

4. 1 - TECIDO COM FIO DE LYCRA®

4.2 – ALGODÃO

4.3 – TENCEL

4.4 – VISCOSE

4.5 – VISCOLYCRA

4.6 – POLIÉSTER/MERYL®

4.7 – TECIDOS COM PROTEÇÃO SOLAR UV

5. FIO DO TECIDO

6. TABELAS DE MEDIDAS

6.1 – TABELA – TÉCNICA DAS TRÊS LINHAS

6.2 –TABELA PARA CÁLCULO DE FRANZIDO

7. IDADE 6 MESES

7.1– CONSTRUÇÃO DA BASE DO SUTIÃ CORTININHA

7.2 – MODELANDO BANHO DE SOL

7.3 – MODELANDO TOP

7.4 – MODELANDO BASE DA CALCINHA

7.5–MODELANDO CHAPÉU

7.6 – MODELANDO BONÉ

7.7 – MODELANDO CHAPÉU COM ABA

7.8 – MODELANDO BASE DA BLUSA

7.9 – MODELANDO MAIÔ

8. IDADE 1 ANO

8.1 – MODELANDO BASE DA BLUSA

8.2 – MODELANDO CAMISETA REGATA

8.3 –MODELANDO VESTIDO

8.4 – MODELANDO CALCINHA COM FRUFRU

9. IDADE 18 MESES

9.1 – MODELANDO SUNGA

9.2 – MODELANDO SUNGA COM CÓS

9.3 – MODELANDO A BASE SUTIÃ CORTININHA

9.4– MODELANDO CORTININHA FIXO

9.5 – MODELANDO SUTIÃ CORTINÃO FIXO

9.6-MODELANDO BASE DA CALCINHA

9.7 – MODELANDO CALCINHA DE VIÉS COM FRANZIDOR NA LATERAL

9.8 – CONSTRUÇÃO DA BASE DA BULSA

10. IDADE 6 ANOS

10.1 – MODELANDO A BASE DO SUITÃ CORTININNHA

10.2 – MODELANDO SUTIÃ CORTININHA FIXO

10.3 – MODELANDO CALCINHA ALTA

10.4 – MODELANDO A BASE DA BLUSA

10.5 – MODELANDO A BASE DA BLUSA REDUZIDA

10.6 – MODELANDO TOP

10.7 – MODELANDO TOP COM BABADO

10.8 – MODELANDO TOCA DE NATAÇÃO

10.9 – MAIÔ CAMISETA

11. IDADE 8 ANOS

11.1 – MODELANDO A BASE DO SUTIÃ CORTININHA

11.2 – MODELANDO A BASE DA TANGA

11.3 – MODELANDO SAIA GODÊ SIMPLES

11.4 – MODELANDO CALCINHA TRADICIONAL

11. 5 – MODELANDO CALCINHA FRANZIDA NA FRENTE

12. IDADE 12 ANOS

12.1 – MODELANDO A BASE DO SUTIÃ CORTININHA

12.2 – MODELANDO TOMARA QUE CAIA

12.3 – MODELANDO CALCINHA ALTA

12.4 – MODELANDO MAIÔ ENGANA MAMÃE

12.5 – MODELANDO A BASE DA SAIA RETA

12.6 – MODELANDO SAIA FRANZIDA COM BOLSO

13. IDADE 14 ANOS

13.1 – MODELANDO A BASE DO SUNGÃO

13.2 – MODELANDO SUNGÃO BÁSICO

13.3 – MODELANDO SUNGA BOX

13.4 – MODELANDO TENSOR MASCULINO

13.5 – MODELANDO A BASE DO SUTIÃ CORTININHA

13.6 – MODELANDO O TOP DE AMARRAR CRUZADO

13.7 – MODELANDO A BASE DA BLUSA FEMININA

13.8 – MODELANDO TOP CROPPED

13.9 – MODELANDO A BASE DA BLUSA MASCULINA

13.10 – MODELANDO REGATA MASCULINA

13.11 – MODELANDO CAMISETA T-SHIRT

13.12 – MODELANDO A BASE DA MANGA

13.13 – MANGA DA CAMISETA T-SHIRT

13.14 – MODELANDO VESTIDO BATA

13.15 – MODELANDO TURBANTE

13.16 – MODELANDO SUTIÃ MEIA TAÇA

13.17 – MODELANDO TOP

13.18 – MODELANDO TANGA CORTININHA

13.19 – MODELANDO TOP FRENTE ÚNICA

14. FICHA TÉCNICA

14.1 – COTAGEM

14.2 – EXEMPLO DE FICHA TÉCNICA

15. MODELANDO BOJO ESTRUTURADO – 10, 12 E 14 ANOS

15.1 – BOJO ESTRUTURADO

15.2 – POR QUE A TOP BOJO?

15.3 – ENTENDA O QUE É BOJO ESTRUTURADO

15.4 – FICHA TÉCNICA DO BOJO

15.5 – MODELANDO CORTINÃO LONGO FIXO

AGRADECIMENTOS

REFERÊNCIAS

FONTES ELETRÔNICAS

FONTES DE IMAGENS



Apresentação


O objetivo desta obra é mostrar que, com a Técnica das Três Linhas, também é possível vestir o corpo infantil respeitando suas proporções. Há variações de proporção de acordo com a idade que devem ser respeitadas no momento da construção da modelagem. São 16 tamanhos para atender a este público. Cada idade tem sua variação morfológica, e a modelagem vai dar a silhueta e o corte necessário para melhor vestir este corpo. A modelagem precisa acompanhar essas diferenças e adaptar as peças a volumes e proporções, como fraldas, barriguinhas e dobrinhas. A produção das roupas, mesmo na moda praia, não é simples, dada a utilização dos mais diferentes tipos de tecidos com fio de elastano, muito comum na moda praia, buscando dar colorido e alegria às peças. Peças bicolores ou mix de estampas exigem um perfeito planejamento no plano de corte, e um controle na linha de produção muitas vezes causa aumento no preço do produto final.


A gradação não acontece como na modelagem para adultos, e sim dentro da faixa etária.


As medidas segundo as quais serão trabalhadas as modelagens deste projeto foram extraídas da tabela da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, em sua Norma Brasileira – NBR 15.800/2009 (Tabela de Medidas Vestuário – Referência de Medidas do Corpo Humano – Vestibilidade de Roupas para Bebê e Infantojuvenil), visto eu já ter experimentado e realizado todos os comparativos, em 2012, na empresa de moda praia Carolgava, em que trabalhei como modelista de moda praia do bebê ao infantojuvenil. Assim, foi possível fazer uma avaliação que considerasse tanto as medidas da tabela da ABNT quanto a tabela de medidas da empresa. Lembrando que cada criança tem suas características individuais, que devem ser respeitadas.


Quando se trabalha com vestuário infantil, é muito importante que todos da equipe de criação tenham conhecimento da NBR 16.365/2015, referente à segurança de roupas infantis; nela, os objetivos consistem em dar segurança aos pais ao adquirir um produto, prevenir acidentes e orientar os fabricantes quanto ao devido uso de cordões, cintos, aplicações e aviamentos da peça de roupa, levando em consideração a idade e as atividades do cotidiano da criança no momento da criação de seus produtos.


Independentemente da tabela sugerida, todos os modelos aqui apresentados poderão ser executados utilizando as medidas do seu corpo de prova, com suas respectivas características. Todas as informações contidas nesta obra são trazidas para tornar mais ágil o processo de desenvolvimento das modelagens e de novos produtos, reduzindo o tempo de trabalho dos profissionais de modelagem. Foram selecionadas estratégias que se referem às medidas anatômicas do corpo infantil, aplicadas em tecidos que contêm fio de elastano em sua composição, com o objetivo de vestir cada vez melhor e com o devido cuidado com a pele das crianças. As roupas de moda praia devem permitir a liberdade de todos os movimentos da criança, colaborando para que ela aproveite muito bem o seu dia de lazer.



Menu

Leia um livro! E estará investindo em você mesmo, com retorno contínuo, ao longo de toda a vida.

PageRank9788564530652.png